Clique e conheça os sites do grupo Arena CP

Notícias do Mundo

Estudantes da Indonésia usam árvore nativa para curar câncer

Duas estudantes do ensino médio usaram uma planta medicinal, nativa da região da Indonésia, para desenvolver uma cura para o câncer. Os resultados foram tão animadores que elas conseguiram investimento do governo para prosseguirem com as pesquisas.

Semanas após a realização do estudo em rato com tumores cancerígenos, o câncer do animal desapareceu. Os resultados mostraram que a árvore Bajakah pode ser potencialmente cicatrizante nas lesões.

As meninas da Palangka State High School, em Kalimantan, apresentaram o experimento no World Invention Creativity (WICO) em Seul, na Coréia do Sul, no mês passado.

Anggina Rafitri e Aysa Aurealya Maharani ganharam medalha de ouro no evento e geraram uma nova esperança no mundo da medicina.

Investimento

O governador central de Kalimantan, Sugianto Sabran, recebeu as duas meninas no Palácio Isen Mulang na semana passada e deu apoio financeiro para as pesquisas das jovens.

Ele anunciou que pediu às agências responsáveis do país para que ajudem a patentear os direitos de propriedade intelectual.

“O que elas acharam foi extraordinário. Não é apenas necessário para o povo da região central de Kalimantan, mas também para a Indonésia e até para o mundo ”, disse o governador em um artigo traduzido pela agência de notícias local JawaPos .

Testes clínicos

As alunas vão agora em busca de fundos adicionais, de acordo com o Prof. Dr. Budi Wiweko, Diretor Adjunto da Instituição Indonésia de Pesquisa em Educação Médica (IMERI) e da Faculdade de Medicina na Universidade da Indonésia.

A universidade vai inserir as meninas no programa Indonésia de Inovação Tecnológica para Saúde, monitorado pelo Escritório de Transferência de Tecnologia (TTO).

O professor Dr. Aru Sudoyo, presidente da Fundação Indonésia do Câncer, disse que os ensaios clínicos em pacientes humanos são um processo muito longo e imprevisível, que utiliza medicamentos baseados em evidências.

Com informações do Nation e GNN